}
domingo, 26 de janeiro de 2014

Tinturas para Cabelos: Clareando e Escurecendo!

Andei escrevendo sobre o mundo das colorações e resolvi dar sequência ao assunto. Já postei sobre anumeração das tintascabelos vermelhos e também sobre como cheguei ao meu ruivo ideal. Dessa vez o tema será bem abrangente: o clareamento (e escurecimento) dos fios!
(Do Castanho ao Platinado – Dez/2009 a Abr/2012)
Acredite, não é tão simples quanto parece… quem nunca tentou (ou conhece alguém que tentou) ficar loira da noite para o dia e acabou com uma cabeleira laranja de mico leão dourado? Ou foi escurecer um pouquinho o cabelo e ganhou a aparência de uma “peruca preta” na cabeça?

Não é a toa que isso acontece... Existem muitas variáveis que influenciam profundamente no resultado. As principais são:
  • Cor natural dos cabelos;
  • Se ele está natural (virgem) ou colorido;
  • Potência do produto utilizado;
  • Tempo de permanência nos fios;

Os descolorantes removem os pigmentos naturais presentes no cabelo. As tinturas removem uma parte deles, para substitui-la por pigmentos artificiais. Cabelos virgens podem ser clareados em até 3 tons só com tintura(dependendo da volumagem da OX utilizada). Se o clareamento desejado for superior a isto, será necessário o uso de descolorante (que “abre”, em média, 5 tons).
As colorações não tem o poder de alterar pigmentos depositados artificialmenteTinta não clareia tinta! E o processo de “descoloração” de cabelos tingidos tem outro nome: decapagem (feita com produtos exclusivos para tal fim). Primeiro é preciso retirar os pigmentos artificiais dos fios, com decapantes, para aí sim prosseguir com o clareamento.

Em cabelos naturais, é possível ir de um tom na altura do Castanho Médio (4.0) para um na altura do Loiro Médio (7.0), somente utilizando coloração. Mas se desejar ir do mesmo Castanho Médio (4.0), para um Loiro Claríssimo (10.0), será necessário utilizar descolorante. (Isso não só para mudança do castanho para o loiro – vale também para ir do castanho ao ruivo, pois as tonalidades acobreadas mais naturais geralmente ficam entre a altura do 6.0 e 8.0 – o ruivo é um reflexo, não uma cor de base).
Existem produtos hiper potentes, que clareiam até 7 tons de uma única vez. Mas CUIDADO! Para se conseguir esse resultado, além de uma volumagem de oxigenada mais elevada, geralmente é necessário deixar o descolorante agindo por mais tempo nos fios. E vocês sabem no que isso pode dar, né? Fio elástico e totalmente detonado!
Para se alcançar tonalidades bem claras em cabelos muito escuros, é recomendada a execução de leves descolorações espaçadas, sempre com uma boa reconstrução/hidratação entre cada uma delas. A pressa realmente é a pior amiga da perfeição nessa hora! Seguindo a mesma linha, é por este motivo que se recomenda fazer luzes (e outros procedimentos similares) aos poucos, ao invés de mudar radicalmente a cor de todos os fios num único passoGradativamente (e com paciência) há bem menos dano!

Hmmmmm… isso depende da cor natural do seu cabelinho. Os mais escuros possuem fundo avermelhado. Os mais claros, amarelado (veja na tabela abaixo). A maioria das brasileiras (por mais loira natural que seja) tem o fundo de descoloração de vermelho a laranja amarelado (vamos ser sinceras – não estamos na Dinamarca e loiro “branco” natural aqui é raridade, hehehe!).
Antes de chegar ao platinado, os fios precisam passar por toooodo esse processo. Os mais escuros, antes de alcançarem loiro digno, ficam avermelhados, laranjas, amarelados… e por aí vai! A partir do amarelo médio, o loiro já começa a ficar ok (e a ganhar nome: ouro, trigo, champagne e etc)! Mas se algo interromper esse processo(quantidade de produto insuficiente, tempo de ação curto, volumagem inadequada de oxidante e etc), o cabelo pode “parar” no vermelho ou no laranja mesmo! E isso é o que ninguém quer!
Até pouco tempo, eu usava os fios claríssimos. Mas, no meu caso, que tenho o cabelo natural num tom na altura do loiro escuro (castanho bem clarinho), era mais fácil, pois o processo de despigmentação já estava com “meio caminho andado”. Partia de um fundo alaranjado e ia direto para o amarelão, pulando a etapa do vermelho.Obviamente, quanto mais claro o cabelo, mais fácil de se atingir um “loiro branco”.
Muitas meninas que tentam ficar loironas em casa, com tintura de caixinha, acabam com as madeixas amarelo-ovo… é justamente por causa do fundo de descoloração! As tintas de farmácia, no geral, só têm o poder de clarear 3 tons. Como a maioria das brasileiras é “castanha”, o máximo que conseguem com isso é o típico cor de laranja… Se isso acontecer, a solução é abrir o tom com luzes (para dar uma escondida no amarelado sem ter que descolorir o cabelo inteiro de uma vez).
Vale a pena dizer que existem colorações profissionais ultraclareadoras (como a Majiblond) que tem o poder de clarear até 5 tons, sozinhas. Era o que eu usava para ficar platinada!
Ah! Claro que é possível atenuar reflexos indesejados com a utilização de nuances opostas, para neutralizá-los(no caso do amarelo, reflexo roxo/irisado e no caso do laranja, reflexos azulados/acinzentado).  Já repararam que os melhores pós descolorantes são azuis/violetas? Mas se o cabelo não atingiu o grau de clareamento suficiente, não há milagre que o salve! Tem que completar o processo de descoloração (mesmo que for em outro dia ou etapa).

Levando-se em conta tudo que acabei de falar sobre descoloração, escurecer os fios é mais fácil que tirar doce de boca de criança! É possível, em quantos tons você desejar, mesmo que eles estejam tingidos ou descoloridos.Para isso, basta usar a tintura da cor escolhida!
Mas não se guie pela tonalidade mostrada na caixinha… genteeee, no mundo das tinturas castanho médio é “preto”, tá? A nomenclatura das marcas não é muito fiel ao que estamos acostumadas na hora de definir os tons…tudo sempre fica mais escuro do que parece ser! Loiro escuro é castanho claro/médio, castanho claro é castanho escuro e por aí vai… Então, procure escolher um tom mais claro do que o pretendido, só para evitar o susto. Se ainda ficar claro, aí sim parta para um mais escuro.
Tenha sempre em mente: escurecer é fácil, difícil é clarear (ainda mais se estiver tingido!).
Mas existe um particularidade, caso os cabelos estejam muito claros: é preciso ficar atenta ao reflexo da tinta utilizada! Aplicar uma tinta acinzentada (azulada) ou mate (esverdeada) sobre platinados pode resultar em fios “chumbados” ou até verdes, pois o reflexo dessas nuances ficaria mais evidente na base clara, principalmente se for platinada. (Contei um pouquinho mais sobre o processo de escurecimento de fios platinados quando escrevi sobre minha mudança do loiro para o ruivo acobreado). E, neste caso, a tintura sempre desbota bastante nas primeiras aplicações. Talvez seja preciso repetir o procedimento algumas vezes, durante um certo período, até que a cor realmente fixe nos fios. Ou pode ser que se faça necessária uma Pré -pigmentação.

Deve ser feita quando se escurece fios muito claros e danificados (com tendência a repelir pigmentos) e consiste na criação de uma base para a cor a ser aplicada posteriormenteDevolve aos cabelos os pigmentos removidos com a descoloração e ajuda a fixar a tintura nos fios. Por ser complexa e envolver muitos fatores (como o reflexo atual do cabelo e o fundo da tonalidade desejada) é recomendado ir a um colorista para executá-la.
Uma nuance com fundo quente (avermelhado, acobreado ou dourado), um tom mais claro do que o pretendido, é emulsionada durante 10 min sobre os fios, misturada com OX de 10 vol (na proporção de 1:1). Após o enxágue, aí sim se aplica a normalmente a tonalidade almejada. É possível utilizar a mesma técnica com água morna ao invés de oxigenada. Neste caso, não deve-se enxaguar a tinta da pré-pigmentação. É só aplicar a coloração desejada logo em seguida (por cima do que já está nos fios mesmo) e deixar agir como se não tivesse feito nada de diferente.
A cor usada na pré-pigmentação deve ser selecionada levando-se em conta o fundo da tonalidade pretendida(mostrado na tabela acima) e os reflexos atuais do cabelo. Preto a castanho claro geralmente exige nuances com reflexos avermelhados e acobreados (final 6 ou 4, respectivamente, após o ponto) e de loiro escuro a loiro médio, acobreados e dourados (final 4 ou 3, após o ponto). Dessa maneira, anula-se os reflexos frios e é criada uma plataforma neutra para a coloração posterior. E os fios desbotam bem menos!
Claro que é interessante neutralizar um loiro claríssimo acinzentado com uma tinta acobreada, de acordo com a tabela acima. Se o tom estiver irisado (com toque de violeta/roxo), é melhor usar uma coloração com reflexos amarelos. O mais importante é manter a lógica do quente X frio. (Veja mais sobre o significado da numeração das tintas e seus respectivos reflexos neste post aqui).

Após escolher a coloração ou descolorante da sua preferência, é normal bater aquela dúvida: com que volumagem de oxigenada usá-la? Para tal, tenha em mente o pretendido:
  • 10 Volumes: Para tonalizar os fios ou colori-los sem alterar a altura do tom;
  • 20 Volumes: Para escurecer os fios ou clareá-los de 1 a 2 tons;
  • 30 Volumes: Para clarear os fios de 2 a 3 tons;
  • 40 Volumes: Para clarear os fios de 3 a 4 tons (ideal para platinar);
Admito que nunca usei OX de 40Vol. Tenho medinho… mas conheço muitas meninas loiríssimas que a usam costumeiramente e ainda têm seus cabelos em sua cabeça! Hehehe!
É isso… já “brinquei” bastante com a cor do cabelo. Na verdade, continuo mexendo, gosto muito de variar! De tanto fuçar, acabei pegando um pouco de jeito e descobrindo como as coisas funcionam, por mais que não seja uma profissional da área (e nem chegue perto disso)! Amo muitão!
Mas já falei isso várias vezes aqui no blog e volto repetir: para as mais “prudentes”, não há nada como uma boa visita a um colorista de confiança!

0 comentários :

Tradutor

Google+ Badge

Siga-me

Seguidores

Sobre!

Minha foto
Ooie , me chamo Cristiany , tenho 17 anos , moro no Brasil , gosto de fazer novas amizades , sou muito extrovertida e sincera .
Este canal que tenho no Youtube , é para mostrar o que eu realmente sou , e gosto de fazer .. espero que gostem da minha originalidade , pois tenho capacidade para enfrentar muitas coisas que irão surgir , fazer videos é uma nova etapa em minha vida , Sou Blogueira a 6 meses , e amo o que faço :D .. Espero que vocês gostem do meu novo trabalho , espero se aperfeiçoar a cada dia que passar  , pois Deus vai esta sempre me ajudando .. não a mim , mais a todos vocês . Criticas virão mais nunca ira me abalar .. Essa sou eu Beijos Sejam todos e toodas Super Bem vindos ..

Arquivo do blog